E você, qual seu tipo de motorista?

tipos-de-motoristas-logistica

Durante boa parte de nossas vidas, passamos dirigindo ou no trânsito. Estamos indo e vindo do trabalho, da universidade, deixando ou buscando os filhos na escola, indo ao supermercado, aproveitando restaurantes e visitando shoppings, ou simplesmente, viajando de férias. Passamos boa parte do nosso tempo em ruas e estradas.

E como é nossa experiência nessas idas e vindas? Tranquila e prazerosa, ou estressante e frustrante? De acordo com um estudo do Departamento de Psicologia Social da LSE – The London School of Economics and Political Science – realizado em conjunto com a fabricante de pneus Goodyear, está mais para problemático e desgastante.

Esse estudo abrangeu a segurança em ruas e rodovias e apontou perfis distintos de motoristas e como estes reagem às mais diversas situações ocorridas no trânsito e como se encaram e aos outros condutores.

Os psicólogos e pesquisadores participantes do estudo constataram 7 tipos de personalidades mais recorrentes. Veja se você se encaixa num deles.

Os 7 tipos de motoristas mais encontrados

O mentor

Bem, como o nome sugere, o motorista com este perfil é daqueles que curte ensinar os outros como dirigir. Além de indicar a sinalização, gosta de corrigir erros ou infrações que os outros cometem e geralmente aguarda um reconhecimento pela “aula” de direção grátis.

O sabe-tudo

Com este nome, podemos imaginar o tipo de condutor. Como ele acha, está sempre rodeado de barbeiros ou de motoristas que compraram a carteira. Gosta de dizer o que acha sobre a maneira dos outros dirigirem. Ao contrário do tipo professor, não espera reconhecimento ou agradecimentos, mas que todos percebam o quanto bom ele é.

O competitivo

Este é daqueles que assistiu a todos os filmes Velozes e Furiosos ou é fanático por Fórmula 1. Sempre está disposto a experimentar o limite da velocidade do próprio carro e apostar corrida com outros, e consegue o primeiro lugar no pódio que ensaia para si mesmo. Dirige acelerado, ultrapassando a todos e detesta se alguém tenta ultrapassá-lo.

O justiceiro

Do tipo que quer castigar e fazer justiça com o próprio carro quando testemunha algum tipo de infração. Se acha no direito de corrigir os que considera maus condutores.

Esse é mais encontrado do lado de fora do carro, no centro de algum debate com outro motorista, querendo tirar satisfação quando ocorre uma cortada ou manobra que o coloca em risco.

O pensador

Mais interessado na análise minuciosa dos erros que os colegas de direção cometem, o motorista pensador quer encontrar os motivos para esses erros. Procura compreender o porquê de ser ultrapassado de forma imprudente e tende a ser simpático e se manter sereno. Canaliza suas atitudes e procura entender e justificar os erros dos outros.

O descontraído

Esse tipo de motorista é zen e adota a ideia de ter menos stress. Não considera que os erros dos outros no trânsito sejam possíveis riscos para a sua saúde. Dirige tranquilamente sem pensar muito nesses erros, se tornando assim um pouco descuidado.

O espaçoso

Dirige dispersivamente e fazendo de um tudo ao volante. É considerado um folgado, pois pensa que todos têm que aguardá-lo. Além de falar ao celular enquanto dirige, se distrai ouvindo música alta e não presta atenção ao trânsito, muito menos se acontecem outros erros ou manobras descuidadas dos demais motoristas e que possam apresentar perigo.

Esse tipo de motorista normalmente deixa os tipos sabe-tudo e justiceiro ainda mais insanos por sua postura displicente. Um condutor sem muita experiência pode, sem querer, ser identificado equivocadamente com o espaçoso, pois seus erros ao volante muitas vezes parecem displicência.

Conclusão

Um dos fatores que torna o fato de dirigir um desafio social é o contato com outros motoristas, que pode ocorrer em qualquer momento pelas ruas e estradas. De acordo com os psicólogos avaliadores deste estudo, os tipos distintos de personalidades dos motoristas representam modos de lidar com seus problemas e frustrações.

Certamente devemos estar atentos com a forma de condução dos outros motoristas, porém devemos sempre considerar nosso próprio comportamento ao volante e praticar a direção defensiva. Afinal, um trânsito seguro depende de todos. Entender os comportamentos e o que os provoca é fundamental para tornar o ambiente nas ruas e estrada mais protegido.

Sem esquecer, obviamente, da fiscalização e aplicação rigorosa das leis de trânsito. E além disso, a realização de campanhas educativas contribui para a segurança de todos.

Então, você se encaixa em alguns desses tipos?

CCA Team

Frete Aéreo e Urgentes

ebook profissão comprador

Share on LinkedInShare on FacebookShare on Google+Email this to someone